Não desperdice a morte de Domingos Montagner

domingos-montagner

Na última quinta-feira, 15 de setembro, o Brasil ficou chocado com a morte do ator Domingos Montagner. Foi possível perceber o quanto esse ator era querido pela repercussão de sua morte. Além de ter sido de uma forma tão trágica. É sempre muito triste ver alguém que está no auge de sua carreira morrer de forma tão abrupta. Que Deus possa consolar sua família.

Mas o que eu quero dizer com não desperdiçar a morte do ator? Em momentos como esse, as pessoas estão abaladas pelo que acaba de acontecer. Começar conversas evangelísticas se torna mais fácil. Por exemplo, conversando com alguém você pode dizer: “puxa, você está sabendo da morte do ator Domingos Montagner? Que coisa triste. Isso me deixa pensando sobre o que acontece com as pessoas quando elas morrem. Você acha que existe vida após a morte?”

Pronto, uma conversa sobre vida, morte e uma grande oportunidade para compartilhar o evangelho se abre. De forma simples, é possível passar do natural para o sobrenatural.

Talvez você esteja pensando se isso não é oportunismo. Sim, se você definir oportunismo como aproveitar uma oportunidade. Mas não tem nada de errado com isso. A Bíblia nos insta a pregar a Palavra e estarmos prontos a tempo e fora de tempo (2 Tim 4.2). Ela também nos diz para sermos sábios no procedimento para com os de fora e aproveitarmos ao máximo cada oportunidade (Col 4.5). O versículo seguinte também dá instruções de como deve ser esse proceder: agradável e temperado com sal, para que saibam responder para cada um (Col 4.6).

Uma recomendação para não cair em uma armadilha. Talvez durante a conversa a pessoa te pergunte: “para onde você acha que o ator foi? Você acha que ele foi para o céu?” Tome cuidado para não ser enfático aqui. Apenas Deus pode saber exatamente o destino final de alguém. Nunca sabemos o que se passa na cabeça de uma pessoa que está à beira da morte. Esse conhecimento é apenas de Deus. O que você pode ser enfático é dizer que todos nós pecamos, todos nós merecemos o inferno pelas nossas várias transgressões contra Deus. E a Bíblia ensina que apenas aqueles que se arrependeram de seus pecados e colocarem sua fé em Jesus Cristo como único e verdadeiro salvador poderão escapar da ira vindoura. Cabe a cada um saber do seu próprio destino. Mais do que sabermos para onde foi Domingos Montagner, devemos saber para onde nós vamos. Se ali no São Francisco, preste a ser sugado pelas águas e ter a vida tirada não fosse o querido ator, mas eu mesmo, para onde eu iria? Essa é a pergunta que todos nós devemos responder.

Portanto, não desperdice a morte de Domingos Montagner.

Obs. Esse texto foi inspirado em texto parecido que eu escrevi em 2015, em relação à morte do cantor Cristiano Araújo. Você pode ler o texto aqui.

Deixe uma resposta

Pin It on Pinterest